Ação Aventura Jogos Plataforma RPG

What is a man? Jogos metroidvania que você deveria conhecer

What is a man? Jogos metroidvania que você deveria conhecer

Se você pegou a referência do título, parabéns! Sua infância foi incrível jogando Castlevania. O post de hoje é um pouco pra você, que tá órfão de bons jogos metroidvania, porque nós reunimos alguns dos melhores títulos do gênero. Talvez nenhum deles te transforme em Alucard de novo, mas temos certeza que vão te entreter por um bom tempo. Confira a lista e não esqueça de deixar sugestões ao final do texto!

Os 15 jogos metroidvania que você deveria conhecer

Antes de mais nada, acho que vale uma pequena explicação sobre o que são jogos metroidvania. Para quem não conhece, metroidvania é o nome dado a jogos plataforma de ação e aventura, geralmente em 2D (embora isso não seja obrigatório), com elementos de RPG. O gênero é muito conhecido (e ganhou seu nome) por conta de Metroid e Castlevania, que são dois que você PRECISA conhecer. Pois bem, agora podemos começar com a nossa lista de jogos metroidvania. Pronto? GO!

 

Ori and the Blind Forest

Abrindo nossa lista, apresentamos Ori and the Blind Forest. A ambientação do jogo tem um contraste muito grande, o que deixa tudo mais interessante. Apesar das paisagens coloridas e bem animadas, a história do jogo e do protagonista são bem obscuras. No decorrer da jornada de Ori, você tem que recuperar suas habilidades para poder passar pelos quebra cabeças do jogo, fazendo com que você sempre tenha que pensar como suas habilidades são úteis e em cada situação. Ori and the Blind Forest é um jogo metroidvania com um visual muito bonito, uma história bem contada e jogabilidade nostálgica e bem funcional.

Veja também: Como videogames ajudam contra a depressão

Axiom Verge

Axiom Verge é uma prestação de serviço a todos os gamers que sentem saudades dos jogos 2D da época dos 16-bits. Ele é basicamente uma homenagem aos jogos metroidvania como Contra e Super Metroid. No papel de Trace, você é um cientista que perdeu a vida em um acidente, mas acorda em um planeta distante e muito diferente. Sem entender a razão de estar lá, Trace só tem como companheira Elsenova, uma habitante deste planeta que se comunica de forma telepática com ele. A partir do diálogo dos dois, você começa a entender os motivos de Trace ter ido parar no planeta e qual é seu verdadeiro objetivo.

 

Rogue Legacy

Outro jogo metroidvania que ficou famoso nos anos 80 e 90 foi Ghosts ‘n’ Goblins, e Rogue Legacy parece ser o sucessor indireto desse clássico. Em Rogue Legacy, um diferencial muito interessante é o sistema de mortes permanentes de personagens e a remodelação de labirintos dos castelos, tornando o jogo sempre uma experiência única. Mas o jogo trata cada personagem como linhagem de uma família, fazendo com que você não perca as habilidades compradas caso seu personagem morra durante uma aventura. Isso tudo com gráficos pixelados muito bem animados.

Veja também: Os melhores jogos indie da década – Parte 1

Shadow Complex

Shadow Complex já foi avaliado como o “Super Metroid para a nova geração de gamers” pelos críticos. Apresentando uma evolução bem gradativa, você começa o jogo apenas com seus punhos e uma lanterna dentro de um complexo subterrâneo. Uma característica muito boa de Shadow Complex é a mistura de 2D e 3D, que vão variando de acordo com o mapa, transformando ele em um jogo metroidvania muito interessante.

 

Guacamelee

Fugindo um pouco do padrão de aventuras do jogos metroidvania dessa lista, apresentamos Guacamelee. Um jogo plataforma e aventura com temática mexicana, além de animações que fazem lembrar muito o extinto desenho Mucha Lucha e Kid Músculo. O sistema de evolução de técnicas é bem baseado nos padrões de jogos de RPG e essas técnicas são implementadas em um sistema de combos que lembra bastante os jogos do estilo Beat’em up dos antigos fliperamas.

 

Dead Cells

Dead Cells é o lançamento mais recente da nossa lista de jogos metroidvania. Chegando no mercado em maio de 2017, é um jogo plataforma com alguns elementos de combate (e da dificuldade) que lembram a franquia Souls. Com cenários que sempre estão se modificando, você tem que melhorar sempre suas habilidades para superar seus adversários e concluir suas missões. Adicione a isso uma ótima trilha sonora e belíssimos gráficos em pixel art e esse é um dos jogos da lista que você definitivamente PRECISA conhecer.

Veja também: Os melhores jogos leves pra PC

Shantae – Half Genie Hero

Com uma ambientação e animação no estilo dos desenhos atuais da televisão, Shantae – Half Genie Hero é um jogo que realmente chama a atenção, principalmente por ser divertido. Como a protagonista é um Gênio, ela possui uma variedade grande de mágicas, mas as situações em que o jogo te coloca também são muitas, fazendo com que você tenha que se adaptar à cada situação e que tipo de mágica funciona para ela.

 

Insanely Twisted Shadow Planet

Sim, o título do jogo é grande, mas o tempo de diversão que o jogo te oferece também é. Insanely Twisted Shadow Planet tem uma ambientação muito sombria e, diferente dos outros jogos, você não controla um personagem, você controla a nave dele. Sendo o último sobrevivente de sua raça, seu objetivo é atingir o núcleo do parasita que invadiu seu planeta e acabou com sua raça inteira.

 

Cave Story

Outro jogo que passa um sentimento de nostalgia muito grande. Apesar de Cave Story ter sido lançado para PC em 2011, ele é um jogo que realmente parece ter saído junto do antigo Nintendo 8- Bits. O jogo tem uma história bem parecida com os RPGs da geração dos anos 90. Você controla um menino que acorda em uma caverna e não entende qual é o propósito de tudo. À medida em que você explora o local e conhece os nativos, a história do jogo se desenrola para explicar qual é o sentido da sua aventura.

 

Strider

Muito conhecido por suas aparições nos jogos da franquia Marvel Vs. Capcom, apresentamos uma das aventuras solos de Strider Hiryu. Strider é um remake do jogo homônimo de 1984, em que você controla Hiryu, um habilidoso ninja que possui muitas técnicas de combate que podem ser aprimoradas no decorrer do jogo, além de técnicas de movimentação que costumam ser muito úteis quando você enfrentar seus inimigos. Strider é um jogo que vale muito a pena ser jogado, não só pelo carisma de Hiryu, mas pela sua jogabilidade muito fluída e divertida.

 

Salt & Sanctuary

Salt & Sanctuary é um jogo metroidvania que puxa muito seus elementos para o RPG, mas aqui a proposta é diferente. Você tem as classes mais tradicionais do estilo, como cavaleiro e mago, mas, também temos a classe de Chef. Apesar de conter elementos que são engraçados, o jogo tem uma ambientação sombria e bem imersiva, valendo muito a experiência do jogo.

Veja também: 5 jogos para quem gosta de Dark Souls

Rabi-Ribi

Com uma pegada 100% asiática, Rabi-Ribi é um jogo plataforma 2D com uma ambientação muito colorida e música animada, algo bem característico dos Animes e jogos tipicamente asiáticos. No jogo, você assume o papel de Erina, ela é uma coelha que vive com seu mestre na cidade de Rabi-Ribi. Em um certo dia, ela descobre que seu mestre sumiu, e ela não é mais uma coelha, ela é uma humana com roupas de coelho. Sabendo disso, ela parte em uma jornada para encontrar seu mestre e descobrir o que aconteceu com ela.

 

The Swapper

The Swapper é o jogo que mais foge do padrão do estilo metroidvania, pois ele foca muito em quebra cabeças e como resolver cada situação. Sua principal habilidade em The Swapper é conseguir criar um outro corpo novo e transferir sua consciência para ele. O jogo é ambientado em uma estação espacial, e essa habilidade de clonagem deve ser fundida com vários fatores como as máquinas do local, gravidade e outros recursos, para conseguir sobreviver e passar pelos desafios. Para quem gosta do estilo metroidvania e para os que gostam de jogos de quebra cabeças, The Swapper é uma ótima opção.

 

Dust: An Elysian Tail

Dust: An Elysian Tail é um grande exemplo de como explorar um estilo clássico como o estilo Metroidvania com a capacidade de hardware moderna, trazendo a experiência de exploração para um novo nível de diversão. Com elementos de RPG bem marcantes e uma animação lindíssima feita à mão, Dust é realmente uma obra de arte em forma de game.

Veja também: 5 JRPGs que fizeram história

Momodora: Reverie Under the Moonlight

Fechando a nossa lista de games metroidvania, trazemos Momodora: Reverie Under the Moonlight. Criado por um estúdio brasileiro, ele é apenas um capítulo de uma série consolidada. Assumindo o papel de Kaho, sua missão é acabar com a maldição que caiu em sua terra, e para isso, você precisa juntar pedaços de artefatos mágicos, que lhe ajudaram e concluir sua jornada. O jogo é feito com animação pixelada, mas muito bem feita e tem uma dificuldade bem alta, servindo como um bom desafio e diversão para os jogadores mais casuais ou para os que são mais fãs do estilo metroidvania.

 

Sugestões dos leitores: Jogos metroidvania

Como fazemos o blog para os leitores, nada melhor que a opinião dos próprios leitores para nossas listas. Colocaremos aqui alguns do títulos sugeridos por vocês e deixamos nossa lista sempre melhor.

Valdis Story: Abyssal City

Valdis Story Abyssal City é um jogo no metroidvania com uma construção de personagem muito baseada em RPG, principalmente na questão das árvores de habilidade que pode ser modificada e misturada, dependendo do seu nível. Outra característica bem interessante é como o uso de equipamentos e magias únicas podem favorecer seu personagem, facilitando o jogo dependendo de como você está montando suas skills. No papel de Wyatt, você deve enfrentar diversas criaturas, tanto anjos quanto demônios, para conseguir dar um fim à guerra que acontece entre dois deuses.

 

Hollow Knight

Outro título que possui a sua arte como uma das melhores características, Hollow Knight não deixa nada a desejar. Com muitos elementos de jogos de aventura e rpg, esse jogo metroidvania faz parecer que essa é uma aventura que foi criada por Tim Burton, principalmente pela ambientação e animações dos personagens. Hollow Knight tem uma jogabilidade que lembra muito os jogos de aventura, como a série Megaman X, por exemplo, só que com uma fluidez de movimentos muito maior e divertida.

Tem alguma sugestão de jogos metroidvania?

Conseguimos reunir alguns dos títulos que mantém vivo esse estilo tão clássico e atemporal de jogos metroidvania, mas é possível que algum tenha passado batido. Lembrou de algum que não está na lista? Deixe nos comentários!

Deixe seu comentário

Recomendados para você