Ação Jogos RTS Simulador

Como jogar videogame melhora a inteligência e faz bem pra saúde

jogar videogame melhora a inteligência

“Larga esse jogo e vai estudar” é uma das frases que os gamers mais escutam durante a vida. Logo quando você tava chegando no último boss vinha aquele som de passos no corredor que gelava a espinha. Se pelo menos nossos pais soubessem o quanto jogar poderia ser benéfico, teriam deixado a gente jogando um pouco mais. Felizmente agora nós temos um estudo científico que comprova como jogar videogame melhora a inteligência de crianças, dá uma olhada!

Videogames melhoram a inteligência

Um novo estudo britânico descobriu que alguns jogos podem ajudar a treinar o cérebro e torná-lo mais ágil, além de melhorar o pensamento estratégico. Cientistas da Queen Mary University of London e da University College London recrutaram 72 voluntários do sexo feminino e mediram sua “flexibilidade cognitiva”, descrita como a habilidade que uma pessoa tem de se adaptar e alternar entre as tarefas e pensar em várias ideias em um determinado momento para resolver problemas.

Dois grupos de pacientes foram treinados para jogar diferentes versões de StarCraft (quem nunca?). Nunca jogou? Tudo bem, a gente explica. Aqui os jogadores precisam construir e organizar exércitos para combater um inimigo em tempo real, em ritmo acelerado. Outro grupo de teste jogou The Sims (oba, oba!), que não requer muita memória ou muitas habilidades táticas do jogador. Todos as voluntárias jogaram os games durante 40 horas, ao longo de seis a oito semanas, e foram submetidas a uma série de testes psicológicos antes e depois.

Leia também: Jogos clássicos para PC que você deveria jogar

Os resultados mostraram que os indivíduos que jogaram StarCraft foram mais rápidos e mais precisos na realização de tarefas de flexibilidade cognitiva se comparados àqueles que jogaram The Sims.

Pesquisas anteriores já haviam mostrado que games de ação, como Halo, podem acelerar a tomada de decisão, mas essa foi a primeira vez com testes em jogos de estratégia.

Desempenho escolar de crianças

Em outra pesquisa, divulgada no Science Daily, 3195 crianças europeias entre 6 e 11 anos foram estudadas e os dados coletados pelo School Children Mental Health Europe e publicado na Social Psychiatry and Psychiatric Epidemiology. Dentre indivíduos analisados, 20% das crianças da pesquisa jogavam mais de 5 horas de games por semana.

A pesquisa foca no desempenho escolar, o uso de videogames e o comportamento do ponto de vista dos pais, professores e dos próprios alunos — e o resultado apontou que as crianças que jogavam videogame tinham duas vezes mais chances de terem alto desempenho na escola e melhor função intelectual.

Já existe uma corrente de cientistas que defende que o uso moderado dos jogos, em torno de uma hora por dia, poderia influenciar positivamente as crianças em seus estudos. Eles acreditam que esse tipo de entretenimento também pode contribuir para que as crianças fiquem mais sociáveis.

Videogames para pessoas mais velhas

Acha que isso só ajuda crianças? Pensa de novo. Uma outra pesquisa descobriu que jogar videogame pode prevenir e até reverter a deterioração das funções cerebrais como memória, raciocínio e processamento visual.

O estudo, feito pela Universidade de Iowa, foi realizado com centenas de pessoas com 50 anos ou mais e mostrou que aqueles que jogaram um game qualquer foram capazes de melhorar uma série de habilidades cognitivas e reverter até sete anos de declínio relacionado com o envelhecimento.

Qualquer coisa em excesso, até água, pode ser prejudicial. Mas a gente acredita que esses estudos provam que videogames podem SIM melhorar a inteligência e a saúde das pessoas, tudo de forma moderada. Então separa uma horinha por dia na sua agenda e começa a ficar mais inteligente. Lembrando que é sempre bom fazer exercícios também, então baixa logo Pokémon Go, leia aqui o nosso guia para iniciantes e pé na estrada!


Gostou do artigo? Recomende para um amigo!


Deixe seu comentário

Recomendados para você